26 de abril de 2017

Reflexão

“As igrejas estão estabelecendo um cristianismo que gira em torno de servir a nós mesmos, quando na verdade a mensagem central do cristianismo é sobre abandonar a nós mesmos.” 

24 de abril de 2017

Deus convoca seus povo a interceder


Eu vi quando chegava um anjo voando e me dizia: O Senhor Deus me mandou vir te buscar pra você  ver o desespero do diabo com as almas, e que o Senhor da pra todas as almas oportunidades pra se arrependerem de seus pecados antes de darem o último suspiro de vida. Por que o espirito da morte o diabo saiu com fúria a tragar as almas para que  não se arrependam dos seus pecados, e assim ele possa levar para o inferno. Nesta hora o anjo me pegou e me levou em questão de segundos a vários lugares onde eu pudesse ver os laços de morte, me via andando pelos países e vendo mortes horríveis. Vi mortes de acidentes aéreos, e o desespero das pessoas, vi acidentes marítimos e me desesperei de olhar o desespero das pessoas morrendo sem socorro, vi acidentes ferroviários feios, vi acidentes de carros, enfim todo tipo que se pode imaginar eu vi. Vi pessoas que eram sequestradas desesperadas pedindo pra não morrer, vi assaltos com mortes feias, o que vi foi feio. Vi o espirito da morte entrando em todas estas vidas para matarem as outras de forma ruim e maléfica. E ele dizia (diabo) temos que matar muitas vidas ainda, porque havia vários demônios que causavam os acidentes. Nesta hora eu perguntava: Estas almas não tiveram tempo de se arrependerem e foram lançadas no inferno? Nesta hora o anjo me mostrava que em questão de segundos uma vida que ia morrer esfaqueada pelas costas a traição sem saber , sentia ânsia da morte. Uma oportunidade de questão de segundos para mim, mas para aquela alma era como se ela refletisse tudo da sua vida e tomasse uma decisão. Umas pensavam no pai, na mãe, nos filhos, no marido, infelizmente poucas eram as que se lembravam de DEUS nesta hora, Eu perguntei: Porque que na hora da morte eles se lembram destas coisas e não se lembram de DEUS? Ai o anjo me respondeu: Por que o coração delas esta cheio destas coisas  menos de DEUS. Ele dizia: Intensifiquem a intercessão pelas almas, para que elas tenham oportunidade de se arrependerem de seus pecados. E entreguem as suas vidas ao Senhor Jesus. Nesta hora eu abaixei a cabeça e chorei muito. e ele dizia: Ore, interceda e intensifiquem a oração por que o diabo esta desesperado pelas almas.

Entre no grupo de intercessão, para maiores informações, luisantoniojc@hotmail.com ou mande uma SMS para 077-98839-6615.


E apiedai-vos de alguns que estão duvidosos; e salvai alguns, arrebatando-os do fogo; tende deles misericórdia com temor, aborrecendo até a roupa manchada da carne. (Judas 1:22, 23)

17 de abril de 2017

Saia do Facebook! Vire Homem! Paul Washer

Paul Washer dá aula a seus alunos acerca do que é missões e como temos perdido tempo com coisas vãs.


Deixe-me lhe contar a história de 2 garotos, quando se venderam para tornar escravos, para que eles pudessem ir para uma ilha aonde só haviam escravos e testemunhas a eles.

Não havia como voltar atrás, não havia um "eu volto se não gostar", eles se venderam a um dono de escravos, para que eles pudessem ser testemunhas para os escravos que o dono tinha, pro resto da vida.

E quando eles estão saindo da doca naquele barco, seus pais, sua família da igreja, e todos alí olhando para eles, um deles gritou e disse: Não deve o cordeiro ter a total recompensa de seu sofrimento?

Isso é missões!

Contaram suas vidas com sem valor, para que o cordeiro pudesse ter a total recompensa de seus sofrimentos.

Senhores, não percam suas vidas jogando joguinhos estúpidos, Simplesmente não faça isso. Agora, esses eram 2 jovens garotos, praticamente saindo da adolescência, unam-se a eles, unam-se a eles.

E eu vou lhe dizer isso agora, alguns de vocês precisam sair do Facebook, você precisa ficar OFFLINE, parar de ficar brincando com os outros, falando e escrevendo coisinhas, como se você fosse uma garotinha e buscando novidade na vida dos outros, para de rir de imagens e frases que são contra a palavra de Deus.

Você precisa virar homem e fazer coisas que homens de Deus fazem. É muito importante.

Pegue sua vida e compare a dois garotos que se venderam em escravidão, e depois gritaram a sua família que estavam em prantos: Não deve o cordeiro ter a total recompensa do seu sofrimento?

Parem com esse absurdo. Sejam homens, haja como Homem. Saia e morra por algo que vale a sua vida, viva por algo que tem valor da sua vida. É muito importante. Entregue sua vida por algo. Por favor! não a gaste.

Tem crianças de Deus, que ainda não ouviram o Evangelho da Salvação, com suas igrejas para serem construídas, pare com essas outras coisas. Se seus amigos são bestas e bobos, deixem-os. Siga a Cristo! Vire um homem, ande com homens.

Se você conhece todas as modas e fashion e todas coisas legais que está correndo na internet e o que está acontecendo no mundo fashion, isso e aquilo, Pare! Quem se importa? Tem uma obra a ser feita. Seja homem!

7 de abril de 2017

29 de março de 2017

Reflexão

A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço!

13 de março de 2017

Reflexão

"Não se pode perder um minuto sequer em tirar o mundo da igreja e a igreja do mundo, porque se não tirar o mundo da igreja, o diabo ali fará seu trono, pois o trono do diabo é o mundo e a  sua coroa a sensualidade e o seu bastão a ganância."


9 de março de 2017

Artista gospel não!


A palavra “artista” desenvolveu o seu significado de uma palavra grega que nós traduzimos como “hipócrita”. Ou seja, o termo “artista” veio da palavra “hipócrita”. Porque o artista finge ser o que não é, foi natural o hipócrita ser confundido como tal.


Qualquer um que finge ser o que não é, é um artista, um hipócrita. E não existe um tipo de gente com o qual Jesus foi mais duro do que com estes. Nenhum hipócrita herdará o reino de Deus.

4 de março de 2017

CONTAMINAÇÃO


Em Gênesis 31:13, Deus ordenou a Jacó que saísse da cidade de Síquem – “Eu sou o Deus de Betel, onde tens ungido uma coluna, onde me tens feito o voto; levanta-se agora, sai-te desta terra, (a terra de Síquem) e torna-te à terra da tua parentela”. Síquem era uma cidade pagã e Deus na sua sabedoria sabia do perigo que a família de Jacó passava no convívio com pessoas imorais que não temiam ao Senhor. Jacó, porém, optou por conviver em estreita ligação com o povo pagão de Síquem. Ele deixou de estabelecer limites e normas corretas para seus filhos, no tocante à sua interação com os ímpios. Jacó deixou de observar devidamente a seus filhos. Diná, filha de Jacó, procurou conviver com as mulheres ímpias e vaidosas – as filhas da terra de Síquem e, ao invés de influenciá-las a deixarem as vaidades e a idolatria, foi influenciada. A Bíblia diz em Gênesis 34:5 que Diná foi contaminada – “Quando Jacó ouviu que fora contaminada, Diná, sua filha, estavam os seus filhos no campo com o gado; e calou-se Jacó até que viessem”. Com que Diná foi contaminada? Com vírus? Com bactérias? Com fungos? Evidentemente que não. Diná foi contaminada pela prostituição e pelo uso de jóias. Em Gênesis 34:2 e 3 lemos: “E Síquem, filho de Hamor, Heveu, príncipe daquela terra, viu-a (viu a Diná), e tomou-a, e deitou-a com ela...”.Em Gênesis 35:1 Deus ordenou que a família de Jacó seguisse para Betel a fim de levá-la a uma mais estreita obediência à sua palavra. Jacó reconhece, na ordem divina para que retornasse a Betel, a necessidade de renovar as relações estabelecidas com Deus, mediante a abolição da vaidade e da idolatria, que lhe transtornara o ambiente doméstico – “Depois, disse Deus a Jacó: Levanta-te, sobe a Betel e habita ali; fazei ali um altar ao Deus que te apareceu quando fugiste diante da face de Esaú, teu irmão” (Gênesis 35:1). Jacó reconhecendo o agravamento da deterioração espiritual da sua família ordenou a todos os seus familiares: “... Tirai os deuses estranhos que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes” (Gênesis 35:2). No versículo 4 de Gênesis 35 lemos: “Então deram a Jacó todos os deuses estranhos que tinham em suas mãos e as argolas que lhes pendiam das orelhas; e Jacó os escondeu debaixo do carvalho que está junto a Síquem.”Observe as duas contaminações: “... deuses estranhos que tinham em suas mãos” (Idolatria), “... argolas (pendentes) que lhes pendiam das orelhas” (uso de jóias). Antes da convivência com o povo de Síquem a família de Jacó não era idólatra e nem usava jóias. A idolatria e o uso de jóias eram típicos dos ímpios de Síquem. Jacó ao receber de seus familiares os deuses estranhos e as jóias, não os levou para Betel, mas os escondeu debaixo do carvalho que está em Síquem. Era como se Jacó dissesse: Os deuses estranhos e as jóias são típicos do povo de Síquem e não do povo que teme o Deus Vivo. Depois dessa renovação espiritual de Jacó, ele voltou a experimentar a proteção, presença, revelação e bênçãos de Deus. Deus renova a promessa do concerto abraâmico – “... Uma nação e multidão de nações sairão de ti, e reis procederão de ti; te darei a ti a terra que tenho dado a Abraão e a Isaque e à tua semente depois de ti darei a terra” (Gênesis 35:11 e 12).

Levantemo-nos pela verdade, não importando o preço!



27 de fevereiro de 2017

Reflexão


Para o cristão, este mundo é uma arena, e não uma cadeira de balanço.

25 de fevereiro de 2017

Ou não vos ensina a mesma natureza que é desonra para o varão ter cabelo crescido? Mas ter a mulher cabelo crescido lhe é honroso porque o cabelo lhe foi dado em lugar de véu 1 Cor 11:14.15 .


Havia na época de Paulo, um consenso universal acerca do que a natureza ensina quanto aos cabelos de homens e mulheres. Assim, competia e compete ao cristianismo respeitar a natureza, e não desconsiderá-la. Nos dias de Paulo, as prostitutas se davam a conhecer usando cabelos curtos. Elas faziam o que era contrário à natureza a fim de atrair os homens a afagos que também são contrários à natureza, e o apóstolo dos gentios não desejava que as mulheres crentes imitassem as prostitutas.
Por outro lado, os cabelos longos de uma mulher simbolizam a sua posição de subordinação ao homem, bem como a sua posição na hierarquia divina de poderes, sinal de poderio, por causa dos anjos.

Assim sendo, constitui-se um ato de rebeldia e insubmissão uma mulher desfazer-se de seu véu natural, isto é, cortar os seus cabelos. A mesma orientação é extensiva aos homens. Assim como a natureza ensina as mulheres a manterem os cabelos longos, aos homens a natureza ensina a usarem seus cabelos curtos como sinal de autoridade.
Algumas vezes o uso do cabelo comprido pelos homens estava associado a homossexualidade, e também era comum a cabeleira em filósofos e bárbaros.
Porém, os homens hebreus usualmente andavam bem penteados e cortavam o cabelo quase como cortam hoje os ocidentais.

Então, qual deve ser o comprimento? O termo grego – “phusis” é traduzido como "a própria natureza", ou seja, a natureza se encarrega disto de acordo com o biótipo de cada pessoa. Assim, este princípio é determinado pela própria natureza e não pela intervenção humana, isto é, cabelos longos para as mulheres como sinal de submissão e cabelos curtos para os homens como sinal de autoridade.