11 de junho de 2014

Visão sobre a copa do mundo e estudo sobre o futebol

"Uma irmã teve uma visão sobre a copa do mundo aqui no Brasil, o Senhor lhe mostrava um estádio e ela via uma nuvem de demônios que pairavam sobre este, eles eram comandados por outro demônio que tinha jeitos femininos, então conforme os jogadores entravam em campo aquele demônio afeminado dava a ordem e os demônios começavam a descer para o campo e entravam nos jogadores possuindo suas vidas"

                                                

Posso ou não praticar futebol?


- Eu, como servo de Deus, posso ou não praticar futebol?
Afinal o que a bíblia fala a cerca deste assunto? A verdade é que poucos pastores se atrevem falar sobre este tema por a maioria dos pastores tem seu time de futebol. Entretanto, procuraremos neste estudo, à luz da palavra de Deus, demonstrar, com clareza, no que afeta as nossas vidas espirituais nos envolver, e que é pecado jogar e torcer para times de Futebol.
Como base para este estudo  meditaremos em Gálatas 5:19-21, o qual nos dá DOZE motivos para o crente salvo não se envolver com o futebol.


"As obras da carne são conhecidas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, ciúmes, iras, pelejas, dissensões, facções, invejas, bebedices, orgias, e coisas semelhantes a estas, a cerca das quais vos declaro, como já antes vos preveni, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus."


1 - O texto começa dizendo que as obras da carne são manifestas as quais são: "Prostituição, impureza...".

Nos jogos de futebol há palavrões, xingamentos e palavras impuras.
Primeiro motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


2 - No texto encontramos como obra da carne a "lascívia", A palavra lascívia significa: "Luxúria; ato de mostrar o corpo provocando um desejo em outras pessoas; Sensualidade".
Em todo Brasil pernas de fora é, por estatística, o alvo dos olhares das mulheres e homens.
Esta atitude, sair com as pernas de fora, como assim fazem os jogadores de futebol, não condiz com um crente salvo.
Segundo motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


3 - Também a “Idolatria” é registrada no texto lido e em toda bíblia como obra da carne. "Hoje se idolatra jogadores e times".
Recentemente vincularam nos jornais uma grande faixa erguida por torcedores dizendo: "Se Deus é 10, Romário é 11". São camisas, torcidas organizadas, e quem joga melhor é idolatrado. Futebol provoca idolatria.
"pois ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras..." Ap 22:15.
Terceiro motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


4 - A lista das obras da carne traz mais um item: "feitiçaria", e por incrível que pareça o futebol está ligada a ela. Foi descoberto que cada time de futebol tem um mascote no candomblé. Entidades demoníacas são invocadas a favor de cada partida, entre os rubro-negros (flamengo) os despachos são feitos atrás do goleiro do time adversário, diante das câmeras para todos verem. Nas camisas do Vasco da Gama pode-se ver um desenho do "Edie" que segundo a tradição é um homem que morreu e é invocado pela banda " IRON MAIDEM, os vascaínos estão invocando alguém que já morreu em suas camisas. Isto é Espiritismo e feitiçaria. A bíblia diz: "que comunhão há entre as trevas e a luz? II Co 6:14.
Quarto motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


5 - Outra palavra contida no texto é "inimizades". Violentas brigas sempre ocorrem entre jogadores, torcedores e dirigentes. Jesus, na contramão do futebol nos diz: "Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e orai pelo que vos perseguem para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus." Mt 5:44-45.
Quinto motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


6 - Paulo escreve ainda a palavra denominada "Porfia", na lista das obras da carne. Segundo o dicionário a palavra porfia é disputa e competição. Disputa e competições são obras da carne, uma partida de futebol é uma disputa, uma competição, um time contra o outro, uma torcida contra a outra. Sendo uma partida de futebol obra da carne, Paulo escreve aos Romanos: "Portanto os que estão na carne não podem agradar a Deus." Rm 8:8 E escreve aos servos da Galácia: "Não useis, porém, a liberdade para dar ocasião à carne." Gl 6:13.
Sexto motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


7 - Prosseguindo, na lista aparece o "ciúme ou emulação", deriva do latim "aemulatione", exceder outrem em merecimento, rivalidade. Ninguém joga para perder, o menor desejo de ganhar a partida é biblicamente pecado, quem fica como reserva tem ciúmes de quem é titular, um jogador menos condecorado tem ciúmes daquele que é estrela, o time vencedor provoca ciúmes no time perdedor, o torcedor do time perdedor fica com ciúmes do time vitorioso. Veja, tudo é misturado a "ciúmes e emulações", tudo é misturado a "obras da carne".
A bíblia aconselha: "Digo, porém: Andai no Espírito e não satisfareis a concupiscência da  carne". Gl 5:16.
E ainda: "Pois se viverdes segundo a carne, morrereis; mas se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis". Rm 8:13.
Paulo continua dizendo: "Porque todos que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus". Rm 8:14.
Sétimo motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


8 - A seguir encontramos no texto como item das obras da carne a palavra "iras". Sempre são vistos jogadores brigando entre si, juízes sendo difamados, torcidas brigando causando até mortes. Jogadores são conhecidos como animais, brigões, que não levam desaforo para casa. A ira está ligada diretamente ao futebol. A bíblia exorta: "Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. Pelo que não sejais insensatos mas entendei qual seja a vontade do Senhor". Ef 5:15-17.
Oitavo motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


9 - A palavra "Peleja" vem na seqüência que significa desafio. um simples torneio ou partida é um desafio. A bíblia diz:
"Que diremos, pois, irmãos? Quando vos reunir cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação". I Co 14:26.
Veja! quando os cristãos se reúnem estão ligados direto às coisas espirituais.
Nono motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


10 - Outro item da lista de Gálatas é a "Dissensão" que significa: "Divergência, contraste, discordar, divergir", está ligado diretamente ao futebol, é o décimo item das obras da carne encontrados no futebol.
Décimo motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


11 - Paulo agora fala de  "Facções" que significa: "tomar partido, parcialidade, grupo distinto sem autoridade bíblica". Uns dizem: "Sou flamenguista e outros vascaínos, botafoguenses, atleticanos e etc. porém os nascidos de novo dizem: "Sou de Cristo". O futebol engloba facção entre times e torcidas, e é heresia pois não há aprovação bíblica para este acontecimento.
"Orai sem cessar". I Ts 5:17
"Pregue a tempo e a fora de tempo". II Tm 4:2
"Antes tem o seu prazer na lei do Senhor e nela medita de dia e de noite". Sl 1:2
"Estejam na sua  garganta os altos louvores de Deus". Sl 149:6
Décimo primeiro motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.


12 - O apóstolo levanta mais um item o qual são “Invejas". Um jogador bem sucedido com carro importado, com grande salário, causa inveja no jogar no anonimato. Um time várias vezes campeão provoca inveja nos times perdedores. Quem faz um simples gol é invejado por aquele que não conseguiu.
A bíblia declara: "Porque ainda sois carnais, pois havendo entre vós invejas, contendas e dissensões, não sois, porventura, carnais e não andais segundo homens". I Co 3:3.
e ainda diz: "Os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências". Gl 5:24.
Décimo segundo motivo para o "salvo" não se envolver com o futebol.

DEFINIÇÃO
Aprovar o futebol é heresia. A menos que se queira tornar permissivo a prática das obras da carne. A igreja pode se modernizar e não mundanizar, bem diz um evangelista.
A bíblia nos dá, somente neste texto de Gálatas, doze motivos para não nos enveredarmos em meio ao futebol. Pois se vivermos na prática de qualquer um dos itens descritos na lista das obras da carne nos é prometida uma conseqüência dura e real:
"Os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus".
Gl 5:21.
A bíblia não está dizendo que os que cometem tais coisas não tem problema ou não tem nada a ver. Ela afirma:
"Não herdarão o reino de Deus".

CONCLUSÃO
Nota final:
Existem três grandes inimigos do crente salvo. Em ordem decrescente são:
O terceiro  maior: O diabo;
A bíblia dá a receita para combatê-lo: “resisti ao diabo e ele fugirá de vós” Tiago 4:7
O Segundo maior : O secularismo, com tudo o que ele oferece;
A bíblia diz: "Não ameis o mundo e nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele". I João 2:15
"...o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus." II Co 4:4.
O maior inimigo do crente: “A carne”.
Este inimigo é terrível, pois incorpora os anteriores. Muitos são derrotados por ele simplesmente por tentarem resisti-lo, pensando que podem controlar suas ações, e dizem conhecer os “limites”. Mas resistir à carne é suicídio espiritual.
José, no Egito nos ensina como vencê-la: Fugindo! Sim, Fugindo da aparência do mal, fugindo do mundanismo, fugindo para a oração, fugindo para a leitura da palavra de Deus, fugindo para o jejum, fugindo para a santificação.
“porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus”. Rm 8:13,14
Deus te abençoe!